A Hora da Estrela

"Ela acreditava em anjo
E, porque acreditava,
Eles existiam."

  Clarice Lispector, in ‘A Hora da Estrela’

Entre a realidade e o delírio, "A Hora da Estrela" é um romance sobre o desamparo a que todos nós estamos entregue. A história começa com uma moça do interior vindo para a cidade grande em busca de seus sonhos, que acabam se misturando com a realidade. Três narrativas se interligam, não sendo possível separá-las.

Rodrigo S.M.(narrador fictício) conta sobre a vida da jovem nordestina Macabéa, ao mesmo tempo em que reflete sobre os sonhos, as manias e os conflitos internos, uma moça que ele avista andando pelas ruas, como tentativa de se livrar da sensação de mal-estar que ela representa e que o contagia, ao mesmo tempo em que se apieda e se revolta, se sentindo culpado por viver num padrão mais elevado que a maioria da população marginalizada, ao mesmo tempo que discute a busca existencial.

Depois de uma infância miserável, sem conforto nem amor, sem ter tido amigos nem animais de estimação, Macabéa vai para a cidade grande com sua tia.

Macabéa, jovem alagoana de 19 anos que vive no Rio de Janeiro. Órfã, mal se lembrava dos pais, que morreram quando ela era ainda criança. Criada por uma tia muito religiosa e moralista, cheia de superstições e tabus, nos quais ela passou a acreditar.

Apesar de não saber escrever direito, Macabéa e consegue um emprego, no qual recebe menos de um salário mínimo. Após a morte da tia, deixa de ir à igreja e passa a repartir um quarto de pensão com quatro balconistas de uma loja popular. cheirava mal, pois raramente tomava banho. À noite, não dormia direito por causa da tosse persistente, da azia e da fome, que ela disfarçava comendo pedacinhos de papel.

Era muito magra e pálida, pois não se alimentava direito. Quando recebia o salário, ia ao cinema, o que a fazia desejar ser estrela de cinema, como Marilyn Monroe que ela idolatrava.

Certo dia, Macabéa falta ao trabalho para poder aproveitar a liberdade da solidão e fazer algo diferente. Ela coloca uma música bem alta, dança, toma café solúvel e até não poder mais. Acaba conhecendo seu único namorado, Olímpico de Jesus, que havia saído fugido do nordeste por ter assassinado um homem.

Mau-caráter e ambicioso, Olímpico morava de favor na metalúrgica em que trabalhava.Além de maltratar Macabéa, roubava de seus colegas e almejava um dia ser deputado

Ao conhecer Glória, colega de trabalho de Macabéa, Olímpico decide romper o namoro, pois Glória tinha pai açougueiro, além de ser mais bem apessoada.

Tuberculosa, mas ainda sem sintomas, recusa-se a tratar. Ao invés disso, procura uma cartomante e se vislumbra com um futuro em que iria se casar com um estrangeiro rico, que lhe daria todo o amor de que precisava.

Inebriada com as previsões da cartomante, Macabéa atravessa a rua sem olhar e é atropelada por uma Mercedes-Benz. Caída na calçada, o sangue jorra por sua boca e ela morre, cercada por inúmeros espectadores que se aglomeram a seu redor, sem que nenhum a ofereça socorro. Por fim, Havia chegado a hora da estrela.



Um comentário:

  1. Eu acredito em anjos, eles estão entre nós no dia a dia, nos momentos difíceis, quando menos esperamos eles aparecem e fazem toda a diferença... Você já foi um anjo na minha vida, Deus te dê forças para continuar a ser na vida de muitas pessoas, e que cada um de nós possa assumir esse papel na vida de alguém em algum momento. Beijos,
    Jéssica Meçane

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...