Canto



Canto quando o sol me aquece
Ou quando nada faz sentido.
Quando encontro o meu caminho
Ou quando me sinto perdido.

Quando estou amando,
Quando o amor me esquece.
Quando sonho tanto
E nada me acontece.

Canto quando a solidão me acorda
Ou quando tudo é festa.
Quando o meu peito transborda
Ou quando nada me resta.

Quando estou no fundo,
Quando me salva a sorte.
Quando me perco no mundo
Pra não pensar na morte.

Canto e nem sei por que canto
Entre lágrimas e risos,
Canto de tanto espanto
Pra não perder o juízo.
Sílvio Ribeiro de Castro

para escutar a gravação de "Canto".
Voz: Vera Versiani
Violões: Vera Versiani e Theo de Oliveira




2 comentários:

  1. Muito legal a união da música com os dançarinos...
    Ana Beatriz.

    ResponderExcluir
  2. Linda a mensagem, linda a música e o melhor de tudo, fui o Internauta de número 6.000 a acessar seu blog. Agora quero ser o de número 12.000.
    O blog a cada dia esta melhor.
    Ari fonseca

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...