Grito de Liberdade

Ouço um canto...
Um canto triste...
Um canto que anseia por liberdade.
Olho em volta e nada vejo.
Procuro e não encontro.
De onde vem canto tão triste, tão sentido?
Por que razão ouço, e nada vejo?
Será que imagino?
Devo estar ficando louca.
Mas o canto é cada vez mais forte.
Grito para libertá-lo.
E assusto.
É minha alma que canta.
Cristina Corradi

“A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo, não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos.
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente está muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.”
Padre Fábio de Melo
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...