My Way

Dedico esta linda música a meu amigo Noronha, que me acompanhou e me apoiou em um dos momentos mais difíceis de minha vida.
Posso dizer que sou uma privilegiada, que além dos amigos e da família, tive inteiro apoio de meu marido, que esteve sempre a meu lado, me dando forças para seguir em frente...
Agora, que tudo passou, vejo a vida com outros olhos.
Tenho a certeza de poder seguir meu caminho, mas não sou mais a mesma pessoa. Procuro viver mais e mais, intensamente, sabendo aproveitar cada momento, degustar todos os sabores, apreciar cada por do sol, e dar menos importância as pequenas coisas do dia a dia.
Mas para isto, foi necessário muito sofrimento. Não fui a única a passar pela sensação de fim, não sou a primeira e nem serei a última. Mas, se eu puder ajudar aqueles que se encontram sem esperança, com dor, com a auto estima destruída, seja por uma doença ou por qualquer outro motivo, me sentirei mais e mais feliz.
Às vezes, precisamos passar pela quase morte para aprender a viver...

Cris Corradi


My Way, Frank Sinatra - na voz de Elvis Presley

My Way - Frank Sinatra

My Way
Meu Jeito
And now the end is near
And so I face the final curtain
My friend, I'll say it clear
I'll state my case of which I'm certain

I've lived a life that's full
I traveled each and every highway
And more, much more than this
I did it my way

Regrets, I've had a few
But then again, too few to mention
I did what I had to do
And saw it through without exemption

I've planned each charted course
Each careful step along the byway
And more, much more than this
I did it my way

Yes there were times, I'm sure you knew
When I bit off more than I could chew
But through it all when there was doubt
I ate it up and spit it out

I faced it all and I stood tall
And did it my way

I've loved, I've laughed and cried
I've had my fill, my share of losing
And now as tears subside
I find it all so amusing

To think I did all that
And may I say, not in a shy way
Oh no, oh no, not me
I did it my way

For what is a man, what has he got?

If not himself, than he has naugth
To say the things he truly feels
And not the words of one who kneels

The record shows, I took the blows
And did it my way

E agora o fim está próximo
E eu encaro a cortina final
Meu amigo, eu vou deixar claro
Exporei o meu caso, dele eu tenho certeza

Eu vivi uma vida por inteiro
Viajei por cada e todas as estradas
E mais, muito mais que isso
Eu o fiz do meu jeito

Arrependimentos, eu tive alguns
Mas, de novo, tão poucos para mencionar
Eu fiz o que eu tinha que fazer
E vi tudo, sem exceção

Eu planejei cada caminho do mapa
Cada passo, cuidadosamente, ao longo do atalho
E mais, muito mais que isso
Eu o fiz do meu jeito

Sim, houve momentos, creio que vocês souberam
Que eu mordia mais do que eu podia mastigar
Porém, com tudo isso, quando havia dúvidas
Eu engolia e cuspia

Eu segui crescendo a despeito de tudo isso
E fiz tudo do meu jeito

Eu amei, sorri e chorei
Cometi falhas, tive minha parte nas derrotas
E agora conforme as lágrimas descem
Eu acho tudo até divertido

E pensar que eu fiz tudo isto
E devo dizer, sem muita timidez
Ah não, ah não, não eu
Eu fiz tudo do meu jeito

Pra que serve um homem, o que tem que conquistar?
Se não tem a si mesmo, então ele não tem nada
Para dizer coisas que ele sente de verdade
E não as palavras de alguém que se ajoelha

As lembranças mostram, eu recebi os golpes
E fiz do meu jeito




Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...