Pequeno Poema




Quando eu nasci,
Ficou tudo como estava.

Nem homens cortaram veias,
Nem o Sol escureceu,
Nem houve Estrelas a mais...
Somente,
Esquecida das dores,
A minha Mãe sorriu e agradeceu.

Quando eu nasci,
Não houve nada de novo
Senão eu.

As nuvens não se espantaram,
Não enlouqueceu ninguém...

Pra que o dia fosse enorme,
Bastava
Toda a ternura que olhava
Nos olhos de minha Mãe.

Sebastião da Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...