Cumbuca dos Desejos



Um imperador estava saindo do seu palácio para seu passeio matinal, quando encontrou um mendigo e lhe perguntou:
- O que você quer?

O mendigo riu e respondeu:
- Você está perguntando como se fosse capaz de satisfazer meu desejo!

O rei ficou ofendido:
- Certamente sou capaz de satisfazer seu desejo. O que é? Simplesmente me diga.

- Pense duas vezes antes de prometer alguma coisa.
O mendigo não era um mendigo comum, tinha sido o mestre do Imperador em sua vida passada e, naquela vida, tinha prometido:
- Voltarei e tentarei despertá-lo em sua próxima vida, você perdeu a oportunidade nesta vida, mas voltarei.

Mas o imperador tinha se esquecido completamente dessa promessa... Afinal, quem se lembra de vidas passadas? E insistiu:
- Realizarei qualquer coisa que você pedir. Sou um imperador muito poderoso, o que você deseja que eu não possa lhe dar?

O mendigo respondeu:
- É um desejo muito simples... Está vendo esta cumbuca de pedinte? Você pode enchê-la com alguma coisa?

- Certamente!
Chamou um dos seus vizires e ordenou:
- Encha a cumbuca desse homem com dinheiro.

O vizir pegou algum dinheiro e despejou na cumbuca... E o dinheiro desapareceu.
Despejou mais e mais, e ele sempre desaparecia, desaparecia, a cumbuca permanecia sempre vazia.
Todas as pessoas do palácio se reuniram.
Aos poucos o rumor se espalhou pela capital e uma multidão enorme se juntou.
O prestígio do imperador estava em jogo. Ele disse aos vizires:
- Se o reino for perdido, estou pronto a perdê-lo, mas não posso ser derrotado por este mendigo.

Diamantes, pérolas e esmeraldas... Seus tesouros estavam se esvaziando... Aquela cumbuca de pedinte parecia não ter fundo.
Tudo que era colocado nela desaparecia imediatamente, saía da existência.
Finalmente a noite chegou e as pessoas estavam paradas ao redor do palácio em absoluto silêncio.
O rei ajoelhou-se aos pés do mendigo e admitiu sua derrota, fazendo uma pergunta:
- Diga-me apenas uma coisa: Você venceu, mas antes de ir-se, apenas satisfaça minha curiosidade. De que é feita essa cumbuca?

O mendigo riu e respondeu:
- É feita da mente humana, não existe segredo... É feita simplesmente de desejo humano.
Autor desconhecido
Moral da história:
Não existe riqueza que possa substituir os desejos humanos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...