Sobre as Compras e Vendas - Khalil Gibran



E um mercador disse:

Fala-nos das Compras e das Vendas.

E ele respondeu, dizendo:

Para vós a terra concede os frutos e vós não os aceitareis a menos que saibais como encher as mãos.

É na troca das dádivas da terra que encontrareis a abundância e ficareis saciados.

No entanto, a menos que a troca seja feita com amor e justiça, só trará ganância a alguns e sofreguidão a outros.

E vós, trabalhadores do mar e campos e vinhas, quando no mercado encontrardes os tecelões, os oleiros e os mercadores de especiarias, invocai então o espírito superior da terra, para que venha para o meio de vós e abençoe as balanças e as medidas que avaliam valor contra valor.

E não admitais que os de mãos estéreis participem nas vossas transações, pois eles trocariam as suas palavras pelo vosso trabalho.

A tais homens deveis dizer:

"Vinde conosco aos campos, ou ide com os nossos irmãos para o mar e atirai as vossas redes, pois a terra e o mar serão tão generosos para vós como têm sido para nós."

E se aparecerem os dançarinos e cantores e tocadores de flauta, aceitai também as suas ofertas, pois também eles recolhem frutos e incensos, e aquilo que trazem, embora disfarçado de sonhos, é alimento para a vossa alma.

E antes de sairdes do mercado certificai-vos de que ninguém saiu de mãos vazias, pois o espírito superior da terra não dormirá em paz ao vento enquanto não forem satisfeitas as necessidades dos mais pequenos de vós.

Trecho do livro O Profeta, de Khalil Gibran

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...