O Peso Que Carregamos



Há dias que me perco
Vago em mim em busca de respostas
Que não são tão simples como parecem

Minha alma pesa
Minhas costas doem
O peso das decisões
O peso dos dias que deixo passar
O peso das pessoas que deixei para traz
O peso das dúvidas que me corroem
O peso das contas

E peço a Deus para que a dor vá embora
E agradeço por você estar aqui
Por me fazer sorrir e retirar esse peso que me sufoca
Bobagens demais...
Tola menina...
Não importa o peso do que estamos carregando, mas sim o tempo que conseguimos segurá-lo sem que isso nos traga algum problema.
Se segurarmos algo por alguns segundos, seu peso será insignificante, mas, se ficarmos com o braço erguido por uma hora, ou por um dia inteiro...

Assim são as cargas do dia a dia. Quanto mais tempo você a carrega, mais pesada ela se torna, até que chega o ponto que você não mais será capaz de suportá-la.
Portanto, de vez em quando, deixe sua carga no chão até sentir que pode transportá-la novamente. 
Peça ajuda. Se possível ou necessário.
Tire férias de seus problemas. 
Eles não irão desaparecer como milagre, mas você voltará com mais disposição e força, para resolvê-los.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...