A Sabedoria do Mundo



Terra...

Ensina-me a quietude,
Como a relva é silenciosa pela luz.

Ensina-me a sofrer,
Como as velhas pedras sofrem com a lembrança.

Ensina-me a humildade,
Como as flores são humildes em seus primórdios.

Ensina-me a acarinhar,
Como a mãe que envolve seu bebê.

Ensina-me a coragem,
Como a árvore que se eleva solitária.

Ensina-me a limitação,
Como a formiga que rasteja no solo.

Ensina-me a liberdade,
Como a águia que paira no céu.

Ensina-me a resignação,
Como as folhas que morrem no outono.

Ensina-me a regeneração,
Como a semente que brota na primavera.

Ensina-me a esquecer de mim mesmo,
Como a neve que derrete esquece sua vida.

Ensina-me a lembrar da bondade,
Como os campos áridos choram com a chuva.

"Ute" Philip Novak


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...