Quem Espera Sempre Cansa



Me encontro parado em um ponto,
A espera de algo talvez novo,
Uma amizade antiga ou nova,
Uma surpresa que aguça e aflora.

Passa tempo, sopra o vento,
Carros passam, perco tempo,
Nada novo, nada velho,
Só a brisa e o pensamento.

Versos faço, passo o tempo,
Gela a brisa, sopra o vento,
Eu aqui espero algo,
Que não vêm e fico tenso.

Canso fácil e me incomodo,
Sopra a brisa e passa a hora,
Dês das dez espero algo,
Tô cansado, vou-me embora.

Alex Sanjeri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...