Dias Ruins



Já houve dias ruins,
Dias sem sol,
Dias de temor,
Dias de terror,
Dias que me faziam implorar por um fim.

Houve sonhos partidos,
Flores secas e murchas,
Dores, cigarros,
Ruas e mais ruas.

Noites sem sono,
Noites de dramas,
Noites e noites sem cama.

Já sentei no escuro e esperei a luz,
Já pedi em pensamento agarrando-me a cruz.

Já pedi de olhos cerrados,
Com olhos abertos e molhados,
Já pedi, já perdi...
Mas o que eu queria era o fim.

Nem chance, nem fé, nem amor,
Incerteza, fraqueza,
Simplesmente a dor.

Passou, passou... Passou.
Eu não vejo o fim,
O que o tolo falou,
Já passou, passou...
Graças a Deus.

Alex Sanjeri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...