Pracinha Vazia



Eu vi uma pracinha e nela muitas flores.
Tão linda!
Bancos limpos e pintados.

Dentro dela,
Uma capelinha.
Lembrei-me que ainda havia amores.

Queria sentar-me ali.
E como antes,
Conversar...

Com os casais, velhinhos e crianças,
Que naquela pracinha
Costumavam brincar.

Bateu-me uma saudade louca.
Lembrei-me de anos passados.
Anos dourados que não voltam mais.

Queria sentar-me ali.
E como antes,
Conversar...

Mas agora,
A pracinha me parece vazia.
Pois você não está mais lá.
Sol Corradi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...