Por enquanto



Por enquanto
Eu estou aqui.

Não necessariamente no mesmo lugar,
Pois dei algumas voltas,
Troquei a posição,
Troquei as flores,
Mudei de roupa.

Mas estou na mesma área,
Pelo menos ainda resido no raio
Dos poucos quilômetros afetivos que nos pertencia.

Ainda estou aqui,
Sem demarcar fronteiras,
Cantando todas as canções
E por acaso
Com o mesmo sentimento personalizado,
Ironicamente agora sentido, à prestação.

Ainda tenho algumas edições de saudade,
Apenas algumas.

Estou em fim de temporada,
Mas ainda resta uma sutil ilusão.

Por enquanto
Ainda funciona a minha invenção de que a gente se queria
E por isso ainda rola algumas canções,
Algumas fantasias.

Pelos últimos acontecimentos, ou seja,
Pela falta de acontecimentos,
Eu presumo que pouco vou me demorar neste mesmo lugar.

E se resolver chegar,
Que seja bem depressa
Porque meu coração pode ficar audacioso
E tomar outro rumo sem nenhum enunciado.

Ainda estou,
Mas se eu for,
É porque precisei me refazer
E estacionar em outro lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...