Olhai os Lírios do Campo



Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;

Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.

Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.

A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;

Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!

Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.

Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?

E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?

E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;

E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?

Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?

Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
Mateus 6:19-34

O Dom de Algumas Pessoas



Algumas pessoas
Florescem como os lírios lá nos campos.
Encantando, ocupando e adoçando todo o coração.

Essas pessoas
Possuem o dom de despertar em nós
Doçuras adormecidas.

Trazem o sol numa manhã cinza.
Elas são livres, leves e multicores
Como asas de borboletas.

Elza Nack

Dia 365




Termina o ano comum.
Termina o ano como um outro qualquer.
Amei cada um dos dias que gastei.
E gostei de os gastar,
De os gostar.
E degustei as horas,
As semanas,
Os meses.

Fui sábio umas vezes,
Outras, impaciente.
Pedi-te:
Dá-me a tua canção,
Canta-a com os teus olhos,
Os olhos do coração
Irmãos da terra,
Irmãos da sombra,
Da cal, do sisal e do azul.

Mal me bastam as mil razões do mel
Para sorrir e
Para bater à porta de cada página,
Procurando no reverso,
Os versos da ternura.

Afago a pele dos dias,
A carne aflita da distância.

Quem é que quer dar outro nome
Às coisas que sempre se chamaram assim,
E que assim se cantam
Porque, agora,
Os dias serão prova exaustiva de coragem?
Joaquim Pessoa in Ano Comum

Dia 343



Prefiro-me assim...
Uns dias cacto,
Outros dias chuva.
Pedra de sangue, umas vezes.
E outras,
Pluma de anjo.

Tudo em mim é um poema, meu amor.
Tudo em mim, quero eu dizer,
Poderá ser um poema.
Porque o azul
Tem sempre a cor que nós quisermos.
Joaquim Pessoa in Ano Comum

Dia 291



Sou o teu coração
E por isso te guio nesta floresta de palavras.

O que nunca te disse não importa agora,
Está fora do meu manual de estratégia.

Sim,
Porque só um coração possui uma estratégia do impossível
E a memória agradecida de um mendigo.

Vamos.
O amor é uma grande viagem.
Joaquim Pessoa in Ano Comum

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...