Homenagem ao Dia das Mães

Eu ainda quase não resistia, mas já sabia o que era ser amado.
Me sentia protegido, tocado, abraçado...
E a cada dia,
Todos estes sentimentos pareciam aumentar ainda mais.
Com o tempo fui crescendo, crescendo,
Até chegar o dia de quem cuidava de mim com tanto carinho.

Mamãe,
A primeira palavra que aprendi a falar
E sem dúvida, a mais bonita de todas.

Nunca vou esquecer aquele sorriso quando cheguei ao mundo.
Você era tão jovem, tão bela,
Que logo eu me encantei.
Ali já sabia.
Eu tenho a melhor mãe do mundo.

Hoje eu sei que em todos esses anos fui responsável...
Por mudar sua rotina,
Seu humor,
E algumas preocupações,
E talvez até algumas rugas.
Mas nada que tenha tirado a sua beleza.
Aliás, era parece ser infinita.

Cheguei assim, meio de repente, do nada, sem pedir licença.
E por isso, peço que me desculpe.

Mas você era guerreira, lutou para me dar sempre o melhor.
Arregaçou as mangas para não deixar faltar nada.
Era incansável, corajosa, forte...
E acima de tudo, Mãe.

Quantas vezes eu já desapontei você.
Quantas vezes fiz manha, birra, ou tentei vencer pelo choro...
Mas você nunca desistiu de mim.
Pelo contrário, sempre estava lá,
Me dando conselhos, orientando, e, ás vezes até brigando...
Claro, tudo pelo meu bem.

Por isso, mais do que homenagear,
Eu gostaria de pedir desculpa.
Desculpa por não ter lhe ouvido,
E desculpa...
Por não poder expressar esse grande amor que sinto por você

Hoje, e por toda minha vida, eu vou rezar, vou lutar,
E pedir para que você tenha sempre o melhor que a vida oferece,
Assim, da mesma forma e com a mesma garra,
Que você fez por mim a vida toda.

Não porque Mãe só existe uma.
E sim,
Porque amor de Mãe é único.
Deivison Pedroza


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...