Ame-se


“Estou com pânico de nunca mais conseguir dar um jeito na minha vida.”

Essas foram as primeiras palavras que Elizabeth Gilbert escreveu em seu diário quando estava na Itália. Ela se sentia fraca e com medo. Medo de que a Depressão e a Solidão nunca mais fossem embora...

De alguma forma, surgiu em seu interior, todas as certezas que ela sempre quis que outra pessoa lhe dissesse quando se sentia triste e só.
E ela, então, escreveu para ela mesma...

“Estou aqui.
Eu amo você.
Não me importo se você tiver de passar a noite inteira acordada chorando,
Eu fico com você.
Se você precisar dos remédios de novo, não tem problema, tome...
Eu vou amar você do mesmo jeito, se fizer isso.
Se você não precisar dos remédios, vou amar você do mesmo jeito.
Não há nada que você possa fazer para perder o meu amor.
Vou proteger você até você morrer,
E depois da sua morte vou continuar protegendo você.
Sou mais forte do que a Depressão
E mais corajosa do que a Solidão,
E nada nunca vai me desanimar.”
Elizabeth Gilbert in Comer, Rezar e Amar

Somente aprendendo a amar a nós mesmos,
estaremos prontos para poder amar ao próximo.

Um comentário:

  1. Não há como alguém estar minimamente pronto para o mundo sem não estiver primeiro inteiro por dentro.
    Como disse brilhantemente o apresentador e humorista Jô Soares:
    “A melhor maneira de ser feliz com alguém é aprender a ser feliz sozinho. Daí a companhia será questão de escolha e não de necessidade.”
    Arifonseca

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...