O Herói e o Vilão em Cada Um de Nós

Somos seres complexos.
O inconsciente é dinâmico, produz conteúdos, reagrupa os já existentes e trabalha numa relação compensatória e complementar com o consciente.

No inconsciente encontram-se, em movimento, conteúdos pessoais, adquiridos durante a vida e mais as produções do próprio inconsciente.

Assim é formada a nossa persona, a forma pela qual nos apresentamos ao mundo e nos relacionamos com os outros.

E todos nós temos em nosso interior um pouco de Herói e Vilão.

Muitas vezes, no decorrer do caminho nos deparamos com questões onde nosso livre arbítrio ou nossa índole nos faz tomar decisões.

Pode ser que escolhemos ser a favor do mais fraco, pode ser que escolhemos tentar tirar vantagem sobre o próximo.

Assim vestimos nossa máscara, ocultando outra personalidade que não temos coragem, consciente ou inconscientemente, de revelar.

O que muitas vezes acontece é que, quanto mais usamos nossas máscaras, mais difícil fica separar o que somos do que aparentamos ser, e com isso, podemos até confundir, inventar uma personalidade que não nos pertence, ou que não deveria nos pertencer, ou, quem sabe, estava ali escondida, o nosso verdadeiro eu.

O Herói fica sempre atento a salvação do indefeso, julgando-se protegido por sua capa com poderes sobrenaturais.

O Vilão julga-se o mais inteligente dos seres do planeta. As leis só existem ou somente  fazem sentido quando é para seu próprio benefício. Aliás, ele está acima de qualquer lei, seja dos homens ou seja de Deus.

Muitos acreditam que o Herói é solitário, mas, na verdade sempre há junto a ele um um outro eu na expectativa que ele tire a sua máscara.

O mesmo acontece com o Vilão, que tem junto a ele o Herói, a espera da mudança de seu comportamento.
Dinha e Cristina Corradi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...